SPFW – Manifesto!

Apesar de ter feito a cobertura do SPFW da melhor forma possível para vocês, as dificuldades foram imensas. Acho que vale a pena me aprofundar sobre o assunto…

O primeiro ponto importante é que o credenciamento de imprensa é concedido a pouquíssimos blogs. Até aí, ok, imagino que a assessoria do evento receba milhares de solicitações e tenha que filtrar quais blogs são realmente relevantes. Só gostaria de entender como é feito esse filtro, já que a impressão que eu tenho é que as credenciais são negadas sem nenhum tipo de análise dos blogs solicitantes…

Ok, não tenho credencial, mas ainda posso pedir convites dos desfiles para as assessorias. O problema é que nesta edição, por decisão da PR Com (assessoria da SPFW), os convites para desfiles não poderiam mais ser enviados à casa das pessoas, só poderiam ser retirados na sala de imprensa do evento. Como não tenho credencial, não tenho acesso à sala de imprensa, consequentemente, não consigo retirar os convites. Essa decisão eu definitivamente não entendi, afinal, qual o problema das assessorias/marcas mandarem convites dos desfiles para quem eles julgarem necessário/relevante?

No entanto, o fato que fez eu me “revoltar” de vez foi um e-mail que recebi semana passada, da assessoria do evento. Nele, me informaram que eu não poderia mais usar as fotos do portal FFW (o veículo oficial da SPFW); só poderia usar as fotos disponibilizadas em um FTP. Só que, neste FTP estão disponíveis pouquíssimas fotos de cada desfile, sem nenhuma foto de make, cabelo, backstage, acessórios etc. Complicado, muito complicado…

Afinal, se eu não tenho credenciamento, não tenho convite (ou seja, não tenho acesso à Bienal), tenho que cobrir a SPFW de alguma outra maneira. Nada melhor do que o site oficial do evento. Só que não, não é mais permitido usar as fotos do FFW, mesmo dando os devidos créditos (coisa que eu sempre fiz).

Sinceramente, não entendo qual o ponto da Luminosidade em fazer tudo isso. Em vez de facilitar, eles só complicam; fica cada vez mais difícil cobrir Fashion Rio e SPFW.

O que causa estranheza é que um evento de moda, pautado pela modernidade, despreze assim os blogs, representantes da nova mídia, algumas vezes com uma audiência mais focada e qualificada que a mídia tradicional… No entanto, blogueiros internacionais como Bryan Boy e Facehunter tem suas despesas pagas para cobrir o evento! Bom, quando até jornalistas de grandes veículos de comunicação são mal tratados no centro de imprensa (ou na chegada de Ashton Kutcher e Demi Moore), alguma coisa anda muito errada.

Fica aqui meu apelo para que Luminosidade, PR Com e FFW repensem estas decisões tomadas na última edição do SPFW. Não quero tratamento especial, nem convites da fila A, nem brindes. Só quero continuar levando às leitoras minha visão dos eventos de moda no Brasil!

Blogueiras de moda, vamos nos unir? Se você concorda comigo, publique este texto no seu blog (dando os créditos para o Trend Tips) ou faça o seu próprio texto e me mande o link ([email protected])! Vou mandar nossa manifestação diretamente ao Paulo Borges, a Luminosidade e a PR Com. Quanto mais gente se manifestar, melhor! Afinal a união faz a força! ;)

Artigo anteriorSPFW – Encontrinhos!
Próximo artigoColar Vaso!

Também pode te interessar...

Comentários

  1. Linda, vou falar desse seu post no meu blog em breve!

    Mas então, eu tava conversando com um pessoal da imprensa lá no SPFW e o que eu fiquei sabendo que, só podemos usar DEZ fotos de cada desfile, não só do FFW, mas também de outros sites…não sei dizer a razão nem confirmar se é verdade, só sei que, se usar mais de 10 fotos eles entram em contato e se depois disso se descumprir rola até processo!

    Quanto ao credenciamento, concordo com vc, tenho a impressão que eles nem analisam os blogs, mas enfim…esse ano tava cheio de frescura né? Não só com isso, mas também com várias outras coisas :x

    Beijokas e parabéns pela iniciativa!
    Mayara

  2. Putz, que decepcionante! Não sabia desses detalhes porque me desanimei até para publicar a respeito disso no blog. O que realmente me fez ficar incrédula é o espaço para os gringos, aquela lambeção de saco desnecessária, como sempre, e deixando de lado o produto nacional, nós aqui.

    Ridículo, patético e nada profissional.

    Assino embaixo.

  3. Olha, eu não tenho nem um ano como blogueira e só fui cobrir o evento, a SPFW, como imprensa porque estava trabalhando para um site.
    Mesmo assim tivemos uma SUPER dificuldade em conseguir nossas credenciais.
    Como repórter pude acompanhar cenas que me deixaram muito decepcionadas com o evento, coisa que não vi no Rio (cobri o Fashion Business, onde pode-se assistir a TODOS os desfiles com apenas o crachá de imprensa).
    Certa vez, para cobrir backstage, vimos a assessoria virar e SELECIONAR os veículos que tinham prioridade… isso mesmo. Não importasse se você tinha chegado lá antes de todo mundo.
    Achei um MEGA descaso com todos… da imprensa aos blogs, sendo que NÓS é que noticiamos TUDO o que ocorre no evento.
    Ok que tenha que ter qualidade na notícia, mas daí a não dar a mínima satisfação do porquê que o credenciamento foi vetado é demais né?
    A falta de respeito começou desde aí.

    Adorei o seu post.
    E acho mesmo que deva haver uma melhora na próxima edição…

    Apoiada! rs
    Bjs

  4. Está claro que eles preferiram credenciar os blogs mais famosões né? E achei estranho tb que esse blog colocaram imagens de desfiles e nao tiveram problema de receber um e-mail de notificação solicitando a retirada das imagens.
    Quando vi esse caso no blog F-utilidades até desanimei de fazer post sobre o SPFW.
    ttp://meninasestilosas.wordpress.com/

  5. Vou publicar teu texto no blog sim e colocar teus créditos, pois concordo com tudo que você falou. Nào fui ao SPFW, mas vi vários blogs ou pessoas nada haver que conseguiram credenciais. Imagina nós aqui do Nordeste, onde temos vários blogas maravilhosos e só um conseguiu chegar até lá? Nós não somos convidadas para nada fora daqui, nossos blogs também são importantes, tb somos grandes consumidores e nenhuma marca lembra da gente.

    Bjs com carinho
    Kelly Pinheiro

  6. Eu me cadastrei como imprensa, já que sou jornalista e minha credencial foi recusada. Claro não trabalhava em nenhuma das empresas que tinham na opção de escolha da inscrição e na opção OUTROS não tinha nada que pedisse em qual meio de comunicação eu trabalhava. Fique sem opção!!!
    Achei um absurdo, ninguém sabe como foi feito esse filtro!!!
    Não postei fotos no meu blog, pq vi que aconteceu com outra blogueira …eles pediram para ela retirar as fotos! Indignação é pouco, acho que a gente realmente tem que se unir e dar uma basta nesse tipo de situação. Queremos nosso espaço e ter as coisas esclarecidas, afinal é nosso trabalho tbém!!!
    Bjs

  7. Olá!
    Meu blog está apenas sendo lançado, mas já trabalho com isso há um tempão. Seu texto está lá no Bonita Sou Eu.
    Entendo em parte as restrições das assessorias porque os blogs de moda se multiplicaram muito, mas o que vc diz é relevante: seria legal que eles soubessem separar o joio do trigo.
    Acabei também de publicar um texto sobre o assunto na coluna que tenho no portal mídiamoda. Se puder, dê olhada, copiando o link:
    http://www.midiamoda.com.br/noticias/vermais/categoria/colunistas/noticia/nilma-raquel-o-aue-da-questao
    Bjs, bom trabalho pra vc!

  8. Eu trabalhei no SPFW mas no backstage, vamos ser sinceros, a partir deste ano temos uma divisão o SPFW agora é totalmente classe C, é a galera indo passear, tirar fotos dos que lá estão passeando e pedir convite. Quer coisa mais pobre que gente pelos corredores segurando seu braço e pedindo convite? Quem deu convite pra este povo entrar lá dentro?
    A Erika Palomino deu uma entrevista pra TV do SPFw que diz tudo este ano não foi um evetno de moda mas de Entretenimento, de famosos, de celebridades. Se seu blog fala de moda estava realmente fora!

  9. Ano passdo fui a convite de uma marca so tinha convite p entrar em um desfile e fui embora porque para ver outros lounges e necessario convite também uma panelinha dentro de panelinha.
    Nos blogueiras que divulgamos para centenas de pessoas no Brasil de graça não temos nenhum direito de ir e ver alguns desfiles entrar nos backstages… NADA!
    Além disso nem colocar foto pode …. KKKKKKKKKKK
    nÃO DIVULGO MESMO no blog a SPFW merece? na minha opnião nao.
    Lembro que ja fizeram centenas de promções p conhecer…. mas e para blogueiros iniciantes.
    Desprezo o que resta. Lamentável.

  10. Lu, já vi muitas outras reclamações sobre a última edição do SPFW e deixo aqui o meu apoio. Acho que é preciso facilitar a cobertura do evento, sim! Afinal de contas, quem ganha com isso são as leitoras, sempre!!!!!
    bjos

  11. Não blogo sobre moda, mas em todos os eventos virou moda fazer palhaçada com blogueira agora.

    Na última feira que eu fui as marcas achavam que blogueira só chegava no stand pra pedir brinde, teve marca que me tocou do stand tipo “toma aqui seu brinde e agora vaza”, e eu nem queria brinde, queria informações pra divulgar a marca – de graça – no meu blog!

    Em parte a culpa é desse monte de blog sobre moda/cosméticos/beleza que apareceu agora, todo mundo querendo apenas convite pra evento e brinde. Mas a organização dos eventos tem obrigação de fazer uma pesquisa e liberar credencial pra quem eles consideram blogueiras sérias, com alguma coisa a acrescentar.

  12. Lule, concordo total com vc quando diz que devemos nos unir. Não só blogueiras de moda, mas também a grande legião que fala sobre beleza, pois o problema não é exclusivo do SPFW ou Fashion Rio, afinal esse problema se repete em feiras de beleza e outros eventos importantes.
    Tem nosso total apoio!
    :****

  13. Olha, não vou fazer o post no blog pq não falei sobre o SPFW nele, apenas fiz uma menção qdo falei dos lançamentos da Impala. Mas concordo com vc em número, gênero e grau. E acho um absurdo o que algumas assessorias fazem com os blogs. Pq divulgamos produtos, marcas e eventos por puro prazer, sem nenhum custo financeiro para os organizadores e distribuidores.
    Então quero dizer que vc pode contar comigo e com meu blog para o manifesto!
    Bjos, Clau Speroto – Blog Usei-Contei!
    http://www.useicontei.com.br

  14. Nossa, um absurdo o que certas assessorias fazem com as blogueiras sérias e competentes né?!
    Não é possível que tais não saibam que a grande massa da informação chega as consumidoras através dessa via, os blogs.
    Eles poderiam aprender com o que está acontecendo na novela Tititi, que tem uma blogueira, a Beatrice M, que mexen com o mundo da moda e todos ficam esperando pelas opiniões da mesma.
    As consumidoras, antes de procurarem pelo produto, agora, com o auxílio da net vão procurar resenhas, opiniões e quem nos dá isso são os blogs especializados.
    Acho que as blogueiras precisam sim ser respeitadas como qualquer outro profissional da imprensa.
    Excelente post e eu já o divulguei pelo meu twitter particular (@amsaleh).

  15. Olha, eu nem falo sobre isso no meu blog… moda não é o forte do blog, mas mesmo assim, não acho isso nada legal…
    Como disseram acima, é um pouco culpa sim de alguns blogs q surgem só para “ganhar” e formar “parceiras” e blá blá… Mas ai eu acho importante que os organizadores deixem sim alguém para pesuisar e ver quem é serio e tal…
    Mas, certeza q isso é pedir demais né…
    Complicado..

    Eu tbm opto pelo desprezo…..

    bjus…. http://www.unhasetudo.blogspot.com (twittei seu post..)

  16. Olá ,
    Acho suas observações muito válidas.
    Não sei se você faz parte do clube das dasluzetes, mas não lhe parece que os blogs que são tratados à pão de ló, com suíte F*Hits, são somente os blogs cujas donas são dasluzetes? Será isto a democratização da informação? Sei não…
    Espero que tenha sucesso em seu manifesto,
    Abraços
    Sabrina Kubo

  17. Sabe outra parte “revoltante”? é que blogueiras que não falam de moda (apenas da sua vida pessoal) tenham ganho esse convites para entrar no SPFW e credenciais de imprensa. E ai eu te pergunto.. elas tem leitores que se preocupam em ver os compromissos que elas tem no dia a dia e nós que pesquisamos tendências (algumas são formadas em Moda) trabalhamos com isso não temos o direito de se quer batalhar por uma entrada. Eu abandonei o SPFW em 2009. quando vi que eles dão mais importância para o status de quem entra do que para a qualidade de quem vai transmitir as informações.

  18. Oi Luli!

    A bem da verdade, blogs se multiplicam como gremiling molhado.

    Infelizmente, algo que antes era visto como uma forma de manisfestação, hoje ganhou “maria-brinde” sem fim.

    Só eu consigo falar vários blogs que são bullshit (desculpe a expressão!) e outros tantos que copiam (na cara de pau!) blogs alheios.

    Eu mesma tenho um blog mas minha intenção não é, em nenhum momento, aproveitar seu manifesto pra me promover.

    Venho aqui para dividir com você minha indignação pela falta de cuidado que algumas assessorias tem.

    Independente de ter um milhão de outros blogs, ou de você ter um milhão de seguidores, é preciso avaliar a qualidade de suas postagens, a temática do seu blog, etc.

    Certamente, como já li em um comentário aqui em cima, as “dasluzetes” (a.k.a. as meninas com grana pra comprar Louboutins em estoque), que felizmente vêm de famílias com dinheiro, têm mais prestígio. Oras… Elas estão aparecendo mais e, lamento informar, mas as culpadas somos nós, que damos “ibope” pra elas.

    Lembro-me bem de uma discussão sobre mercadorias inspired no blog da Camila Coutinho em que todas caiam em cima do fato dela falar mal de cópias, mas quando a Pop Up Store, da FILHA do Roberto Justus, fez inspired, ela achou maravilhoso.

    Dá até pra entender que essa atitude dá-se por conta do network que ela “perde” se ela falar mal da marca. Quer ver como? Há três anos atrás, Camila Coutinho, ainda com dinheiro, não usava bolsa grifada nem sapatos hypados.

    Mas na verdade, o que de fato me incomodou não foi nada disso – foi apenas um comentário dela no twitter dizendo que NEM LIA OS COMENTÁRIOS.

    Pera aí – não lê os comentários? Essa é uma desculpa inadimicível. Blogueiras são o que são por conta de quem vem aqui escrever alguma coisa, contribuir, colaborar, concordar (ou não!). Tudo isso faz parte.

    Não saber aceitar críticas é simplesmente demonstrar que não está pronta pra ser uma blogueira de sucesso, e não dá valor a quem a transformou nisso, também.

    Pra quem quiser saber, não, eu não tenho nada contra a Camila nem contra as it-blogueiras, mas é ruim saber que um blog como o Trend Tips não é credenciado, não pode pegar seus convites ou, pior, não pode usar as imagens do site, e uma pessoa que NEM LÊ os comentários, tem essa liberdade…

    Realmente acho que isso evidencia o que todas nós sabemos – dinheiro abre mais portas (e mais rápido!).

    Infelizmente, boa fatia dos eventos está ficando cada vez mais seleta às “elites” (ora, também falaram por aí que selecionavam certos veículos para terem prioridades) e, como contrapeso, os eventos tornan-se cada vez mais banalizados, com pessoas sem a menor importância batendo cabelo nas portas dos desfiles atrás de um batom de lançamento…

    Eu já desisti de todas as semanas de moda do Brasil – primeiro porque são uma bagunça, segundo porque as pessoas que trabalham na “liberação” de credenciais acham que estão com todo o poder na mão, mandando e desmandando…

    Pois então, que fiquem com o poder, com os convites e credenciais, porque, vamos ser sinceras, a SPFW não é nem uma grande ditadora de tendências mesmo…

    Espero que você consiga mudar alguma coisa nesse “sistema” mas, só o fato de você tentar já me deixa esperançosa!

    Bjos

  19. O meu blog não é de moda, é mais do tipo pessoaç, apesar de que posto algumas coisas relacionadas à moda de meu interesse, mas eu sempre vejo os blogs de moda, e concordo contigo! Temos que nos unir. Não é porque muita sde nós não temos lucro com o blog que não queremos ter a cobertura completa dos eventos. Por que só os famosos podem? :(((

  20. Estive no SPFW e senti a mesmíssima dificuldade. Vou postar esse texto no meu blog sim, assim q tiver um tempinho, espero q eles passem a respeitar um pouco mais não quem está atrás de brindes oufila A, mas quem quer simplesmente manter os leitores informados.

  21. Oi,

    eu não sabia que não podia usar as fotos do FFW,que absurdo.Eu sempre uso e dou os créditos das imagens.Agora já era fiz vários posts,acho que vou parar de acessar o site deles já que estão com toda essa censura.Será que é isso que eles querem?Acho que as marcas pagam para desfilar lá justamente porque terão muita publicidade e as fotos se multiplicarão em sites e blogs,trazendo propaganda gratuita para a marca.

    Luziane,
    http://www.desapatilha.com.br

  22. ” porque, vamos ser sinceras, a SPFW não é nem um grande ditador de tendências mesmo…”

    Fato!..

    Eu fiz dois post do SPFW e um do Rio fashion week. não tenho como “boicotar” afinal.. é moda.. é desfile.. é lançamento.. mas não teve nada de novo, nada de inspirador! Mas mastiguei tudo e escrevi o mais resumidamente para não dizer que não vi, que não me interessei.

    Eles vão acabar criando um evento fútil com pessoas que pouco ligam para o que realmente acontecem lá, só querem estar presente e serem vista e ver os outros, literalmente uma passarela de famosos. Os corredores estão se tornando mais importante que o evento em si.

  23. Isso é realmente um absurdo. Principalmente a parte da atenção e foco as celebridades que aparecem no evento e barreira em se cubrir a própria moda, os desfiles! Priorisar blogueiros de fora e nao dar o devido respeito aos blogueiros de dentro do país é um tiro no pé! A moda brasileira tem tudo pra dar certo e crescer, mas realmente o SPFW ainda é uma “garotinha que tem muito a aprender”…

    • Gente, estou amando os comments de vocês! A resposta vai ser em um comentário só, pq o wordpress resolveu não colaborar…

      Kelly, concordo que os blogs do Nordeste também tenham que ter espaço, assim como de todas as outras regiões… Vamos torcer para melhorar! ;)

      Oi, Ygor! Aí que está o problema: quem tem amigos ou conhecidos acaba conseguindo entrar no evento, enquanto pessoas que geram conteúdo ficam de fora… Você fala sobre o assunto, foi ótimo ter conseguido ir, mas tem muita gente nada a ver que acaba entrando por causa disso… Aí ficam lá fazendo carão e pedindo convites! =/

      Oi, Renata! Acho que gente passeando sempre teve, mas realmente senti um aumento no número de “turistas”… Fazer o que né!

      Kika e Mônica, realmente este não é um problema só de moda, lembro como foi a última Beauty Fair… Temos que nos unir para quem sabe sermos ouvidas e respeitadas!

      Priscila, não dá para entender mesmo, eles só reclamaram com alguns blogs!

      Oi, Sabrina! Não acho que o problema sejam as “dasluzetes”. Na minha opinião, as meninas que fazem parte do F*Hits fizeram por merecer, fizeram um bom trabalho e conquistaram milhares de leitoras. Por isso elas tem um “tratamento” melhor: quanto maior a audiência, melhor para as marcas que aparecem por lá!

      Gih, concordo totalmente com você!

      Oi, Barbara! Concordo com a primeira parte do seu comentário, agora sobre a Camila, foi o que eu disse para a Sabrina: quanto maior a audiência, melhor para as marcas que aparecem por lá! Não sei se ela lê ou não os comentários, mas para as marcas, isto não faz diferença… Triste, mas real… O ponto principal aqui é a organização e assessoria dos eventos; eles que têm que saber quais blogs são relevantes ou não!
      Falou tudo: “a SPFW não é nem uma grande ditadora de tendências mesmo…”
      Temos que tentar sim, afinal, esta é a nossa semana de moda, “é o que temos para hoje”! rs

      Steh, adorei o que você falou: ganhando ou não dinheiro com o blog, todas nós devemos ter acesso à informação! =)

      Gih, mais uma vez, super concordo com você! Como algumas outras meninas já falaram, a SPFW está se tornando um evento social, não de moda. =/

  24. Olha, o fato de você ter um blog de moda (e isso serve para milhares de outras blogueiras brasileiras) não quer dizer que você ENTENDA de moda. O problema de todas vocês é esse. Vocês NÃO são profissionais desse mercado, a não ser que tenham diploma para tal. Abs.

    • Roberta, ninguém aqui está falando que é expert no assunto, a discussão não é essa. Inclusive, acho que o interessante dos blogs é justamente essa “falta de conhecimento técnico” que as blogueiras tem, assim elas passam sua visão de uma maneira que o público em geral entenda, sem grandes firulas.
      Para o seu conhecimento, eu tenho sim um diploma na área de moda. No entanto, não acho que o diploma seja essencial, conheço muita gente que não é formado na área e entende muito mais do que gente com faculdade!
      Beijos!

  25. Roberta é exatamente isso que estamos discutindo aqui.. que tem muitos blogs que não tem formação alguma e até pessoas sem blogs que tiveram acesso ao SPFW, e agora eu te pergunto: Pra que?? a informação que passaram nos seus blogs foi tão nula quanto ler uma embalagem de halls. E como a Luli eu também tenho um diploma (e atualmente lutando pela minha pós em Moda). Então nós estamos revoltadas porque existe um interesse, existe pessoas que realmente se esforçam, pesquisam, vive disso porque AMAM e escolheram como profissão! e o tratamento deveria ser muito diferente analisando os lados você não acha? Apenas estamos aqui debatendo o critério de escolha de quem participaria do evento. Eu não cheguei a pedir ou me inscrever ou seja lá como teria que ser feito, pois como disse abandonei o SPFW em 2009. Mas não gostaria de ver uma das poucas coisas relacionadas a minha área tomarem outro rumo por futilidade. Ou falta de capacidade da organização do evento de criar algo com profissionais qualificados para propagar a imagem certa. Falta muito para o Brasil ter uma semana de moda descente como é visto é Paris e Londres, só que ao invés de eu ver ele caminhando em direção a elas eu vejo ela seguindo o caminho contrario e isso é revoltante.

  26. Então tá né Roberta…

    Como você pede que só as pessoas que SÃO PROFISSIONAIS desse mercado e TENHAM DIPLOMA tenham acesso às semanas de moda e tals, gostaria muito de vê-la como organizadora na distribuição de credenciais e acessos, quem sabe assim teríamos realmente os PROFISSIONAIS trabalhando no evento? E a Luli Monteleone, dona deste blog e com FORMAÇÃO na área talvez nem tivesse escrito este artigo.

    O que você diz é muito distante do que está acontecendo de forma pulsante atualmente Roberta: ” o fato de ter um blog não quer dizer que você entenda…” , o fato de termos blogs significa que queremos dividir a informação, o entendimento, a experiência. Muitos já sacaram e já desceram do Olimpo do “nós, empresas/organizações somos deuses e vocês consumidores são a ralé e não podem opinar” .

    O fato de termos blogs, significa que sim temos opinião e formamos opinião. Que somos os consumidores e agora temos nossa voz. Nos lê quem quer, nos segue quem quer, comenta quem quer. A proliferação dos blogs, significa que mais gente tem acesso à internet e quer dividir ( ou simplesmente mostrar) suas opiniões, pensamentos, experiências, etc. O mundo em si já é tão hierarquizado, não devemos desejar que seja aqui neste mundo virtual também não é mesmo?

    Se as empresas e organizações ainda sustentassem este pensamento de quem não tem formação na área não sabe nada do que produzimos e vendemos, não teríamos centenas, milhares de blogs brasileiros e internacionais PATROCINADOS por estas companhias. Blogs de moda são patrocinados por lojas de roupas, acessórios, etc. Blogs de beleza/cosméticos e maquiagens são patrocinados por empresas de produtos de beleza/cosméticos e maquiagens e assim vai… Então, creio que se uma marca deseja patrocinar um blog é porque acredita em quem escreve e no que está escrito. Logo, o ” não entendem nada” não cabe, não faz jus…

    Exemplifico: Victoria Ceridono nasceu apaixonada por maquiagem como ela mesmo diz. Decidiu fazer um blog sobre beleza ,maquiagens, produtos cosméticos e afins. Formou-se em jornalismo, segundo seus relatos, sofreu muita discriminação por querer se especializar na área de beleza. Foi trabalhando aqui e acolá, lendo e respondendo seus comentários do blog e hoje é editora de beleza da Vogue. Que eu saiba Victoria nunca fez curso de maquiagem no SENAI, SENAC, nem especializou-se em dermatologia, nem em dermocosmética, nem em farmácia, nem em química, nem em bioquímica pra poder falar e escrever sobre maquiagem. E por isso eu devo desmerecê-la? Ou o contrário, devo creditar méritos maiores à ela por ser jornalista e por isso dizer que ela sim sentar-se à frente de seu computador e escrever sobre beleza, mesmo sabendo que ela foi duramente julgada e criticada por escolher este nicho? Difícil…

    Mas se lhe incomoda muitíssimo ler um blog sem saber a formação da pessoa que está escrevendo, sei lá, pode pedir o curriculum vitae da pessoa por email, e depois de receber e se sentir mais segura, pode ler, comentar, curtir, dividir… tudo isso que nós diplomadas ou não fazemos com prazer!

    Abraços,
    Sabrina

  27. Dito acima:
    ” Oi, Sabrina! Não acho que o problema sejam as “dasluzetes”. Na minha opinião, as meninas que fazem parte do F*Hits fizeram por merecer, fizeram um bom trabalho e conquistaram milhares de leitoras. Por isso elas tem um “tratamento” melhor: quanto maior a audiência, melhor para as marcas que aparecem por lá! ”

    Respondo ponderando …

    Então…
    Fazer por merecer sim, concordo. Afinal, quem tem um blog com grande nr de acessos e leitores, o faz por merecer.
    Mas e se fizermos uma auditoria dos acontecimentos?
    Explico: vamos ver quem eram os blogs do espaço F*Hits. Os tais blogs que ganharam suíte chique, acessos à todos os desfiles na fila A, etc, etc. Qual destes blogs no dia-a-dia da SPFW informou, mostrou, fotografou, discutiu, polemizou, argumentou, deu opiniões sobre o que estava de fato acontecendo dentro da Bienal? Quem? Quem? Quem? A maioria dos blogs das blogueiras que chamo de dasluzetes preocupou-se em mostrar o ” look do dia” , ” hoje fui assim” , ” o esmalte do dia” , ” sapato do dia” das suas donas blogueiras.

    Tem um blog que … nossa, chega a ser … enfim … em que a dona super credenciada viu todos ou quase todos os desfiles da fila A e não postou uma linha sequer do que aconteceu , mas tem fotos do look do dia de TODOS os dias. Do blog desta moça eu praticamente não vi nada do que se passou na SPFW… mas dos seus looks do dia vi mais de 50 fotos! Ué Dona Sabrina chata, e não pode ter look do dia? Poder pode. Fico grata quando tem, pois acesso pra ver mesmo. Mas temos que ter uma medida, um consenso não é mesmo? Exemplifico: Julia Petit. Há look do dia, há maquiagem do dia, mas há posts com fotos ( muitas fotos!) de TODOS os desfiles, há ponderação, discussão, opinião sobre as coleções de TODOS os estilistas. Há um diálogo com os leitores do que está ou aconteceu. Não é uma mera exibição da dona do blog para os leitores…

    Enfim, é a pergunta do biscoito: vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?

    Pensando: como organização do SPFW coloco pra dentro as it-blogueiras que NÃO vestem nada das coleções e dos estilistas apresentados e pior, NÃO vão falar uma linha sequer do que aconteceu e só virão aqui fazer carão, verem e serem vistas e abocanhar brindes e flashes, simplesmente porque são IT e o resto não importa, ou como organização do SPFW eu me preocupo em selecionar quem vai entrar e documentar, registrar, escrever, dialogar, pensar e dividir opiniões sobre as coleções apresentadas?

    Estou cá ponderando sobre tudo isso…

    Sabrina, confusa

    • Oi, Sabrina!
      concordo com a sua opinião, realmente alguns blogs que tiveram livre acesso ao evento praticamente só postaram “look do dia”… Vamos ver se na próxima edição a organização do evento consegue, finalmente, analisar quais blgos realmente GERAM conteúdo e valem a pena serem credenciados… Se isto não acontecer, vai ser como já falaram por aqui: o SPFW irá se tornar um evento social, onde os corredores são mais importantes que as passarelas…
      Bjs!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Media

Vídeos

Instagram

Quem escreve